Notícias/Palavra do provedor/PALAVRA DO PROVEDOR

Palavra de

PALAVRA DO PROVEDOR

01de Janeiro
de 2022

1°  DE  JANEIRO – DIA   CONFRATERNIZAÇÃO  UNIVERSAL  E  DA  PAZ

A chegada de uma ano sempre desperta a expectativa pela abertura de um novo ciclo, cheio de transformações. Nessa época, verbos como recomeçar, repensar e tantos outros “re”, parecem fazer mais sentido do que no restante do ano.

Ao brindar o recomeço, além de sorte, também são bem-vindos os desejos de paz, união, harmonia e fraternidade.

A igreja católica através do Papa Paulo VI, em 1967, consagrou o primeiro dia do mês de janeiro, como “Dia Mundial da Paz”, e a pedido desse mesmo Papa a ONU determinou que este seja, no calendário civil, o dia da “Confraternização Universal dos Povos”.

Em sua mensagem para o Dia Mundial da Paz, o Papa Francisco fala da esperança. É ela que nos faz avançar, seguir em frente com coragem e determinação, mesmo que os ventos sejam contrários. Ele afirma que a paz é o objeto da esperança, ela está no mais profundo do ser humano, pois todos anseiam, buscam e querem; que a questão da paz permeia todas as dimensões da vida em sociedade, pois nunca haverá paz verdadeira, se não formos capazes de construir um sistema econômico mais justo.

6  DE  JANEIRO  –  DIA  DE  REIS

No dia 06 de janeiro, comemora-se o dia de Reis, que na tradição cristã foi o dia em que os três reis magos levaram presentes a Jesus Cristo.

Ao contrário do que pensamos, cada um dos reis magos saiu de sua localidade de origem (não partiram juntos).

Baltazar saiu da África, levando para o menino mirra, um presente ofertado aos profetas. A mirra é um arbusto nativo desse país, onde é extraída uma resina para preparação de medicamentos.

O rei Gaspar, partiu da Índia, levando o incenso como alusão à sua divindade. Os incensos são queimados a milhões de anos para aromatizar os ambientes, espantando insetos e energias negativas, também representa a fé e a espiritualidade.

Já o rei Melchior ou Belchior, partiu da Europa, levando Ouro ao Messias, o rei dos reis. O ouro simbolizava a nobreza e era oferecido apenas aos deuses.

Em homenagem aos reis magos, os católicos realizam a folia de reis, que tem início no dia 24 de dezembro, véspera do nascimento de Jesus, e se estende até o dia 06 de janeiro, dia em que encontraram o menino Jesus. Essa folia, é de origem portuguesa e foi trazida para o Brasil, por esses povos na época da colonização.

Durante os festejos, os grupos saem caminhando e cantando pelas ruas das cidades, levando as bençãos do menino para as pessoas que os recebem. Faz parte da tradição, que as famílias ofereçam comidas aos integrantes do grupo para que possam levar as bençãos por todo o trajeto.

ITO  HUGO  FISCHER  –  PROVEDOR

 

Provedoria da Irmandade São Miguel e Almas

(51) 3287-6400

Cemitério São Miguel e Almas

(51) 3021-8350